ÍNDICE

Capa

Turismo
Passeio Virtual
Como chegar
Monte seu pacote
Dicas de viagem
Reservas online
Guias de Turismo

Fotos 360 Graus
Veja as fotos do Festival

Galeria dos visitantes
A feirinha local
Web Cam diária

Serviços
Hotéis
Restaurantes
Comércio local
Agência na Chapada

Participe
Histórias de viagem
Links sobre a Chapada

Textos sobre a Chapada

Contato
E-mail
Assine nossa newsletter

A FAUNA DA CHAPADA DOS GUIMARÃES

 

de CLAUDIA TASSO CALIL

Espécies mais representativas de ocorrência comprovada na área de Chapada dos Guimarães.

ESPÉCIES NOME VULGAR

Didelphis abbiventris -- Gambá - de orelha branca

Didelphis marsupialis -- Gambá - de orelha preta

Philander opussum -- Cuíca verdadeira

Agouti paca -- Paca

Dasyprocta sp -- Cutia

Cavia aperea -- Preá

Hidrochaeris hydrochaeris -- Capivara

Coendou prehensilis -- Ouriço caxeiro

Cerdocyon thous -- Cachorro do mato comum

Chrysocon brachyurus -- Lobo guará

Felis pardalis -- Jaguatirica

Felis yagouroudi -- Gato mourisco

Felis sp -- Gato do mato

Eira barbara -- Irara

Gallictis cuja -- Furão

Nasua nasua -- Quati

Procyon cancrvorus -- Guaxim

Felis Weidi -- Maracajá

Priodontes Maximus -- Tatu Canastra

Dasypus Novencinctus -- Tatu Galinha

Euphractus -- Tamanduá mirim

Mymecophaga tridactyla -- Tamanduá Bandeira

Tapirus terrestris -- Anta

Mazama gouazoubira -- Veado - Catingueiro

Mazama sp -- Veado

Tayassu tajacu -- Cateto

Alouatta caraya -- Bugio preto

Cebus apelha -- Macaco - prego

Cellithrix argentada -- Sagui

Felis concolor -- Onça parda

Panthera onca -- Onça pintada

Lutra sp -- Lontra

Ozotocerus bezoarticus -- Veado-Campineiro

Duscyon vetulus -- Rapozinha

AVIFAUNA

Das 24 ordens registradas no território brasileiro, 20 estão presentes na área de influência direta e compreendem 45 famílias e 220 espécies.

ESPÉCIES -- NOME VULGAR

Rhea americana -- Ema

Pipile pipile -- Jacutinga

Tinamus major -- Inhambu

Crypturellus undulatus -- Jacú

Rhnchotus rufescens -- Perdiz

Nothura marculosa -- Codorna

Podilymbus podiceps -- Mergulhão

Phalacrocorar olivacens-- Biguá

Ardea alba -- Garça branca grande

Egretta thula -- Garça branca pequena

Bulbulcusbis -- Garça vaqueira

Pipheroiis pileatus -- Garça real

Tigrisoma lineatum -- Socó boi

Euxenura maguari -- Maguari

Cairina moschata -- Pato do mato

Coragyps atratus -- Urubu comum

Cathartes aura -- Urubu de cabeça vermelha

Buteo albicaudatus-- Gavião de rabo branco

Buteo swainsoni -- Gavião papa gafanhoto

Buteo magnirostris -- Gavião carijó

Aeterospizias meridionalis-- Gavião cabloco

Harpia haryja -- Gavião real

Milvago chimachima -- Carrapateiro

Polyborus plancus -- Caracará

Crax fasciolata -- Mutum de penacho

Aramus guarauna -- Carão

Carima cristata -- Seriema

Columba spp -- Pomba

Columbina spp -- Rolinha

Scardafella squammata -- Fogo apagou

Ara ararauna -- Arara canindé

Ara macao -- Arara vermelha amarela

Ara chloroptera -- Arara vermelha verde

Ara maracana -- Maracanã

Brotogeris versicolorus -- Periquito

Pionus maximiliani -- Maritaca

Amazona aestiva -- Papagaio verdadeiro

Amazona amazonica -- Papagaio

Crotophaga ani -- Anú preto

Athene cunicularia -- Coruja buraqueira

Otus spp -- Corujinha

Ceryle torquata -- Martin pescador grande

Chloroceryle amazona -- Martin pescador verde

Ramphastos toco -- Tucano

Furnaruis rufus -- João de barro

Cynocorax cyanomelas -- Gralha

Spizaetus oornatus -- Gavião de penacho

PEIXE

Segundo o especialista Dr. Garavelho, Júlio Cesar os peixes da região são todos Osteichthyes, podem ser agrupados em quatro ordens Characiformes, Siluriformes, Perciformes e Symbranchiformes. A maioria dos Characiformes são Characidal, com mais de 70 % das espécies de difícil indentificação. Os Siluriformes estão representados, basicamente por 04 famílias com 01 a 03 espécies de gêneros distintos, Devendo ressaltar a familia Cetopsidae, onde o Pseudocetopsis representado deve ser nova, além de uma ocorrência difícil de explicar, perciformes representada por uma única espécie de Cichlidae do gênero Crenicichla, bastante próxima a C. Vittata, Symbranchiforme representado Symbranchidae Symbranchus, bastante diferente de S.marmoratus. Dentre as espécies de importância econômica destacam -se o Pacú (Colossoma mitrei) Surubins (Pseudoplatystoma corruscans e P.fasciatum) Dourado ( Salminus maxillosus) Curimbatá (Prochilodus lineatus), Barbado (Pinirampus pirinanpu) e a Piava (Leoporinus sp).

RÉPTEIS - Na região de Chapada concorrem principalmente:

01- Chelonia

1.1 - Testudinidae, frequente nesta família encontrar os jabotis: Geochilona carbonaria.

1.2 - Gekkonidae - encontrada em casas e taperas abandonadas, muito frequentes noite.

1.3 - Iguanidae - da fauna herpetológica de cerrados os iguanídeos tem se destacado com altas ocorrências, cabendo a supremacia dos tropidurus. Nas matas de galeria, ou próximo aos cursos de água, o Iguana iguana ‚ o grande representante desta familia, além de Hoplacercus spinosos e Anoles sp.

1.4 - Sincidae - ainda em áreas sombreadas encontra-se os Mabuya sp.

1.5 - Teidae - dos lagartos terrestres, estes interessantes fossadores são vistos com frequência, principalmente em clareiras onde a espécies Ameiva ameiva é bastante encontrada em áreas de transição com vegetação mais densa. Representantes de nemidopho rus sp ai também são encontrados. Há ainda, possibilidades de encontrar os Kentropyx em clareiras abertas nas matas ciliares.

Os grandes teídeos fazem - se presentes com Tupinambis teguxins e Tupinanbis nigropunctatus.

OFÍDIOS:

A fauna ofÍdica esta representada por vários exemplares de Crotalus durissum terrificus e, vale afirmar, que a ocupação maciça do cerrado com exploração agriícola tem funcionado como agente concentrador destes importantes Crotalídeos; no que diz respeito a herpetofauna botópica como: Brotops jararacussu, B. neuwiedi matogrossense, B.Atroxjosboideos são representados pelas Eunecetes nolarces com grande ocorrência, e mais esporadicamento,E.Murrinus. O gênero Boa marcado principalmente pela presença de Boa constrictor, sendo observado muito raramente. Boa constrictor amarali, a Salamdra Epicrates cenochria, cobra de grande beleza.